Hey, Hey, Hey…

Rei das Fechaduras!11

It’s the Fat Albert! =D

Queria começar o post com uma notícia muito triste, a morte da nossa querida professora de Produção de Texto. Que Deus a tenha.

Agora pra você, sozinho no recanto do seu lar, ou não, um passatempão animal. Conversar com o Robô Ed (http://www.roboed.com.br/)!

Essa máquina criada pela Conpet (Orgão do governo incumbido de recrutar mais crianças para o tráfico, prostituição infantil e escravidão) tem a função de entreter marmanjos de várias idades com suas afirmações estúpidas e sua inocência exagerada. Divirtam-se, talvez em breve eu poste logs de chats >D

Agora já falando um pouco mais seriamente. Acabei de ler a edição 67 do Batman. Cara, eu achei massa. As histórias me prenderam e tal, acho que eu vou continuar comprando. Nada demais, mas foram 20 minutos ótimamente gastos (Só li duas histórias =D).

Ontem também fui na Biblioteca Pública. Andamos um pouco pelo centro e entramos. A gente (Eu e minha mãe) já havíamos estado lá anteriormente, então nada novo. Fomos diretamente para os livros, olhamos as estantes (Uma coisa que me impressionou é que cara, você não consegue achar 1 livro sequer em perfeito estado, se eles não estavam fodidos, eles estavam com uma capa de couro lisa), achamos vários livros interessantes, mas acabei por pegar O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway, que ainda não comecei por estar lendo A Metamorfose em um ritmo meio lento. Depois esperei minha mãe achar seu livro. Enquanto ela olhava as estantes de literatura brasileira, voltei pra uma estante mais atrás e ouvi uma voz rouca, pensei que vinha de algum alto-falante ou algo assim, mas achei meio absurdo ter um alto- falante em uma biblioteca, então nem cheguei a cogitar essa idéia. Quando olhei para cima, vi a figura de um senhor, lendo em voz alta para ele mesmo um livro com capa de couro vermelha . Diante daquela imagem, eu oscilava entre um sentimento de pena, e de curiosidade. Aparentemente, o cara não batia lá muito bem da cabeça, mas o excêntricismo, a originalidade é algo que me desperta interesse. Depois que minha mãe escolheu o livro dela, emprestamos, fomos comer em uma pizzaria bem simples, mas bem famosa do centro. Sentamos no balcão e comemos um pedaço, acompanhado de vitamina de frutas. Depois comprei as edições 1 e 2 da NGamer em promoção, e a edição 67 de Batman. Sim, foi uma noite bem agradável.

P.S.:Queria agradecer novamente aos comentários, novos ou velhos =D

P.S.²: João, 5 posts é o seu brioco. Essa piroca aqui já tem 8 posts. Hah!

P.S.³: Piada Lourdes:

Versão original by: Lolo
Remix by: Gaybriel

Anúncios

5 comments so far

  1. Gabriel on

    Comentários são a única forma de um post receber visualizações =D

  2. Net on

    Eu ri da imagem.

  3. Shin on

    Poxa, morreu jovem sua professora, hein!? o.o
    Cara, sempre quis ler as comics do Batman, mas não tenho moral de comprar uma edição qualquer na banca e continuar a partir dalí…

  4. Gabriel on

    Hahaha, ela nem morreu =P
    É uma professora que a gente não gosta e tal, e ela faltou aula. Mas é mais piada interna lol

    E cara, acredite, é mais fácil do que você imagina. Eu fiz exatamente isso, no começo você não curte tanto, mas depois vai ficando bem bacana. Parece-me que a edição 68 é uma boa pra começar, bastante história começando, pelo jeito. Se você achar, aproveita =P

    E vlw pelo comentário =D

  5. Lolo on

    AFFFFF vsf gabriel…
    e os direitos autorais PORRRRAAAAAAAAAAAAA?
    pod por um Versão original By: Lolo
    Remix By: Gaybriel
    FaloHA!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: